22 de abril de 2016

[642 coisas] Foi aí que ele deixou de acreditar...

| |

Foi aí que ele deixou de acreditar na beleza das flores,nos sorrisos sinceros,nas estradas interligadas,deixou de entender as verdades,apontar as maldades,deixou de viver.
Viu,sem realmente ter visto,sua alma escorrendo por entre seus dedos,deixou de acreditar em Natal,em Páscoa,em tudo aquilo que deveria ter acreditado.
Uma pessoa amarga,era isso que ele ouvia de todos,sentiu que perdeu a si mesmo tentando se achar,porque não via nas horas um breve tilintar,mas um eco que nada preenchia.Ele não conseguia mais dormir direito,seu sorriso triste já não disfarçava nada,seu olhar,perdido ao relento,sufocava as pessoas.
Foi aí que ele deixou de acreditar,quando não quis mais realizar seu sonhos,excluiu a playlist do celular e apagou as mensagens que um dia já recebeu.
E sua existência era considerada por ele tão vazia,tão inconsistente,que ele não acreditava mais em nada,nem em si mesmo.
Mas porque ele deixou de acreditar?Muitos perguntavam,parecia irreal alguém parar de acreditar na vida.Foi decepção,diziam alguns,falta de amor,diziam outros,mas a verdade mesmo é que ninguém poderia afirmar com certeza quais motivos afligiam seu coração.
Foi aí que ele deixou de acreditar nos filmes de finais felizes,na chegada um novo dia pós-tempestade,deixou de abrir sorrisos,passou a fechar o coração.
Seu reduto particular era o quarto,a cama quentinha ao anoitecer,os cobertores mais bagunçados que seus próprios pensamentos.Será que era só decepção?Ou sentir que nada era tão suficiente em si?!E ele não acreditava mais na alegria,no amor,não acreditava em nada ao seu redor,dentro ou fora dele.
Foi aí que ele deixou de acreditar nas soluções,num dia após o outro,nas igualdades tanto justificadas,deixou de pensar nos caminhos,criou construções arredias,derrubou pontes.
E quando ele pensava que já estava deixando de acreditar no mundo,viu uma luz brilhar,era olhar de alguém de fora,mas que o iluminou por dentro,e foi aí que ele passou a ver sorrisos verdadeiros no rosto,lágrimas alegres,pessoas reais.
E depois dessa luz,ele mesmo passou a iluminar,e,juntos,nunca mais viram a escuridão.

Esse texto faz parte do projeto 642 coisas sobre as quais escrever,o tema escolhido foi o 147-Inicie um texto com Foi aí que ele deixou de acreditar.Entre no link e aventure-se em diversos temas para dar aquele empurrãozinho na criatividade.

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Adorei o texto! É muito ruim quando a gente para de acreditar nas coisas boas na vida, tudo passa a não fazer sentido algum. Mas com muita força de vontade, e com a ajuda de alguém especial, dá pra conseguir ver as coisas iluminadas de novo. Beijos, amei o texto e a mensagem que você passou com ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vi :D
      Pois é,a pior coisa que pode acontecer a alguém é perder a esperança e a fé das coisas.Com alguém especial tudo melhora e o mundo inteiro ilumina sem nem sair do lugar rs :)
      Que bom que gostou,significa que estou fazendo o trabalho certo <3 <3
      Beijos enormes ^.^

      Excluir

Obrigada por ter lido a postagem
Conte-me o que achou *--*
Deixe seu link nos comentários para que eu possa retribuir a visita <3
Se preferir para deixar seu link use
Esse código para comentar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger
Edição e Design: Jennyfer Aguillar || Todos os direitos reservados © 2016