Aprenda a olhar mais para si mesmo

2 comentários: | |

Cada um sabe de si, essa é uma verdade universal e absoluta, cada um sabe daquilo que lhe convém, das suas próprias lutas e tropeços, sendo assim não entendo porque a vida do vizinho é sempre mais interessante, porque se importar se ele trocou de carro?! Ou se parece que ele é sempre feliz?!
Talvez ele seja mesmo, talvez seja porque aprendeu a falar mais de si mesmo do que encontrar em outros características que não o acrescentam em nada.

Temos que parar com essa mania de achar que todo mundo fala da gente e devemos falar sobre todo mundo, temos que parar de nos preocuparmos mais com o que as outras pessoas pensam de nós e de nossas atitudes, ninguém está vivendo por você, então porque perder seu precioso tempo reparando o quanto a pessoa faz de diferente ao invés de se concentrar em quem merece o máximo de você (Você mesmo)?!

Já parou para pensar que talvez a grama do vizinho não seja tão verde assim, que talvez ele apenas dê uma atenção maior ao próprio jardim porque à ele pouco importam os outros jardins?! E se ele, que você tanto observa, não se preocupa em te observar de volta, não seria melhor simplesmente parar e começar a olhar mais para dentro de si mesmo?!

Ninguém vai ser perfeito, todos cometeremos erros, mas quando aprendermos a olhar mais para quem podemos ser e deixarmos de lado a observação de outros, talvez começaremos a errar menos e poderemos encontrar mais felicidade naquele que mais a merece (Nós mesmos).

Perigo

2 comentários: | |


Me pergunto porque nossas mentes insistem em ultrapassar as placas de PERIGO,mesmo sabendo que ela significam uma queda grande e um machucado bem feio,nossas mentes insistem em continuar,em se pregar uma peça e despencar precipício abaixo sem medo de amanhã...

Me pergunto qual a sensação que elas tem,qual a adrenalina que elas presenciam quando estamos no fundo do poço depois de claramente ter tido a chance de recuar,não entendo nada, talvez eu nunca tenha entendido nada,mas esse assunto especificamente me intriga,como é possível ir na direção oposta ao que você precisa,não sei...

Me pergunto o que é que nossas mentes pregam em suas ideias para enfrentar o dragão mais perigoso e mortal e depois nos obrigarem a juntar os cacos, pedaços que entram como farpas no nosso interior e ferem caoticamente sem fazer a mínima distinção...

Eu me pergunto porque eu sentia um leve tremor,mas minha mente não me deixou voltar,foi como a sensação de que um terremoto se aproximava,mas eu precisava estar a mostra,pronta para ser engolida e chegar ao seu epicentro de qualquer maneira,independente do que viesse a sobrar de mim depois...

Eu me pergunto porque agora eu estou no fim dessa estrada e só sobrou o pó de tudo que eu era,fui dragada aqui como um rio que impedia a passagem,eu tenho mais feridas do que os band aids podem curar, tenho mais cicatrizes do que eu posso contar, tudo porque a minha mente me fez ir adiante mesmo tudo me apontando o contrário,ela não me deixou declinar da proposta,eu tive que ir e agora só restou isso...Apenas fragmentos do que minha mente quis conquistar...

Esquecimento

2 comentários: | |
*Retirada do Google*

Eu sei que prometi nunca mais guardar que seus olhos tem o tom de castanho mais próximo da cor do infinito,ou o jeito como suas mãos tremem quando você fala algo extremamente importante,eu sei que prometi esquecer cada detalhe de você e provar a mim mesma que existe algo além do que nós inventamos nessas nossas mentes malucas,eu sei,mas é difícil cumprir...

Você me deletou tão fácil,que eu fiquei impressionada com a sua capacidade de esquecimento instantâneo,como em que parte eu fui tão importante na sua vida que você simplesmente desistiu e não me procurou mais,é difícil pensar nisso ainda agora,mas eu preciso,porque me prometi que faria.

E essa é uma daquelas promessas que a gente não quer cumprir,sabe,porque o coração sente tanta falta que o esquecimento nunca fica completo,sempre sobra um pedaço,uma ponta solta que arranha o peito e produz fagulhas quentes demais para aguentar.Me pergunto se você me pode me ensinar a esquecer,porque nessa matéria eu estou tirando um zero de novo...

Eu prometi esquecer cada falha também, porque as falhas trazem dor e a dor é um pedaço de lembrança,e um pedaço de lembrança já é algo grande demais para ficar esquecido...Eu tentei não escrever sobre o que sentia em relação a nós,mas esse relato já transmitiu tudo e não fez cumprir minha promessa,eu jurei esquecimento,jurei nunca mais lembrar de ti...mas eu quebrei esse juramento,quebrei em pedacinhos tão ínfimos que nem eles sabem mais o que significa esquecimento.

Relatos de um papel

2 comentários: | |


Um dia eu era uma árvore,grande e forte,até ser derrubada e virar esse papel,um dia eu não tinha dono,era livre na minha limitação,agora sou dele.
Ele que não tem nome,mas se denomina "poeta da madrugada",que me acorda todo dia no mesmo horário para jogar palavras em mim e depois apagar tudo.
Ele que tem a barba por fazer e só não me rasgou ainda porque não teve coragem,ele me encara como se soubesse que eu consigo ser o que ele precisa,e eu fico quieto observando suas mãos trêmulas depois de mais uma dose de frustrações...

Ele só usa lápis comigo,caneta só em outros,os que ele rasga e joga na lata de lixo sem olhar para trás,eu me considero um pouco especial,pelo menos ele ainda me olha com certa esperança.
Eu não consigo encará-lo por muito tempo,me sinto desconfortável em reparar como a cada dia ele fica pior e mais focado em mim,queria que ele desistisse de uma vez e não me manchasse mais,mas parte do meu egoísmo implora para que ele volte mais tarde...

Ele sangra em mim,deixa sua alma marcada em cada extremidade e parece que só isso o faz bem,é cansativo para nós dois esse conjunto,mas parece necessário,um dia talvez ele não me precise mais e descarte como fez com meia dúzia de outros papéis,por enquanto eu sigo nessa rotina,no limite entre ser preciso e ser descartável...

Setembro Amarelo

2 comentários: | |


Não se sinta só,não pense que não há nada em você que valha,não se menospreze, não machuque seu corpo ou sua alma com ideias de que não é suficiente,não se esconda,não se cale,grite,fale pra mim.
Não é justo não se amar,não é justo com você mesmo,porque eu sei do seu valor,mesmo que você mesmo não saiba,há mais do que você tenta esconder,eu consigo ver,então não faça isso que está na sua cabeça.
Resultado de imagem para setembro amarelo
Não se ache um fracassado,porque você não é,todos nós temos algo de que não gostamos,mas precisamos aprender a lidar com isso,você merece mais uma chance,você merece tanto quanto qualquer outra pessoa,mais uma respiração,mais uma luta,tentar outra vez.

Resultado de imagem para setembro amarelo

Eu vejo você,vejo seus medos,suas inseguranças,mas eu vejo algo que talvez você não veja,eu sinto você,sua alma que mesmo na treva é colorida e até o sorriso que você teima em esconder,eu vejo o quanto você se esforça,e você vai conseguir,mesmo achando que não,eu sei que vai,porque você pode,você merece,você é alguém de valor.
Eu acredito em você,e você acredita em mim?
Vamos tentar outra vez,eu e você juntos,que tal?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger
Edição e Design: Jennyfer Aguillar || Todos os direitos reservados © 2016