11 de abril de 2016

Eu sou toda poesia

| |

Quem me lê tem que saber interpretar as entrelinhas,não que seja fácil,mas é preciso a paciência de entender os jeitos e os gestos que tenho.
Me conquisto por inteiro,aliás,se eu tenho um defeito é não saber viver de metades,não que isso seja grave,pelo contrário,me ajuda a conquistar pessoas verdadeiras.
Eu sou toda poesia,a alma em forma de versos e o sangue manchado de tinta,os cabelos completando a rima,mas os versos brancos é que realmente me dominam.
Quando ouvir o que eu digo,ouça com cuidado,há sentimentos transbordando por toda parte.Quando ler os meus versos,leia devagar,sinta a intensidade de cada palavra.
Não é um manual,não estou tentando ensinar a ti como me descobrir,porque,afinal,só descobrindo a nós mesmos já basta,mas digo-lhe sinceramente que isto é como um alerta,para entender que por mais normal que eu possa parecer,eu sou toda poesia.
E essa poesia que me escraviza,tantas outras vezes me liberta,dá a minha mão uma onda de nuances em palavras mal desenhadas no papel.Meu riso e minhas lágrimas também trazem poesia,é deles que saem construções mais verdadeiras,são como as janelas da minha alma,essa alma tão feita de tudo.
Eu sou toda poesia,nos traços do meu rosto estão marcadas inscrições de poemas,na imensidão desse olhar escuro guardo memórias ainda por escrever,nas mãos os calos de noites dedicadas à lápis e canetas sem fim,e poetizando eu desenho os degraus que elevam minha existência.
Tenho no caderno milhares de frases soltas que até nem fazem sentido,tenho versos dedicados a ele,a ela,a nós todos,tenho lágrimas secas nas bordas e manchas de tinta respingada nas palavras,há borrões de palavras escritas erradas,ou fora de lugar,há mais que isso,há poesia.
Poesia no sorriso,poesia no choro,poesia na fala,na quietude,há poesia em toda eu,espirrando por todos os lados as rimas de quem eu sou.
Eu sou toda poesia,prazer,espero que entenda a confusão que sou por dentro e entenda que só a poesia,pura e simples,é o que eu sou.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Que bom que gostou Bruna :D
      Obrigada <3
      Beijos ^.^

      Excluir
  2. Que texto mais amorzinho! Be a poem! ♥

    ResponderExcluir
  3. "Eu sou toda poesia,nos traços do meu rosto estão marcadas inscrições de poemas,na imensidão desse olhar escuro guardo memórias ainda por escrever,nas mãos os calos de noites dedicadas à lápis e canetas sem fim,e poetizando eu desenho os degraus que elevam minha existência."

    Poderia ter selecionado o texto todo, mas essa parte já conseguiu me representar.♥
    Tu a cada dia que passa escreve melhor Jenny, parabéns.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awnnn Cami,sua lindeza ♥ ♥
      Fico muito feliz em saber que gosta,a musa dos textos dizendo que escrevo bem?!!Imagina como estou me sentindo no céu :D :D
      Obrigada mesmo ♥
      Beijos minha linda ^.^

      Excluir

Obrigada por ter lido a postagem
Conte-me o que achou *--*
Deixe seu link nos comentários para que eu possa retribuir a visita <3
Se preferir para deixar seu link use
Esse código para comentar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger
Edição e Design: Jennyfer Aguillar || Todos os direitos reservados © 2016