+QP| Os Cartazes

| |

"Você acredita neles Clara?!"
Eu já nem sabia mais no que acreditar,pensei que talvez minha vida toda tivesse sido uma mentira,que o fato de eu mudar de casas por cidades sem fim fosse apenas uma exigência do trabalho do meu pai.E aí eu tinha que mexer embaixo da cama,tinha que achar que meu sapato tinha ido parar lá por mágica,e então,milhares de folhas,cartazes,DESAPARECIDOS,com a minha foto.Eu surtei,fingi que não era nada de mais,mas não consegui parar de pensar e,certa hora eu já não aguentava mais,confrontei meus pais e eles disseram que era parte de uma doença que tive,muitos confundiam com sonambulismo,mas eu simplesmente saia do nada,sumia por alguns dias e quando me achavam eu não lembrava de nada.Essa parte da minha infância eu meio que deletei,então não tinha como confirmar a história deles,e eu precisava pensar,geralmente quando isso acontecia eu ia me isolar na minha casa da árvore,que,na verdade,eu nem sabia dizer se era minha,mas,mesmo assim,era um lugar tranquilo,onde eu podia ficar sozinha,e chamei minha melhor amiga para conversar.
Será que toda a minha vida era uma mentira?!Será que eu era eu mesma,mesmo sabendo que talvez eu nunca tenha mudado de fato?!Mas,algo em mim queria se agarrar a possibilidade de eu estar totalmente enganada,por isso,eu fiquei quietinha com meus pensamentos,tentei botá-los em ordem,e,pelo menos por um momento,pareceu ter dado certo.
E noite caiu e eu já não podia fingir que estava num mundo separado,se bem que entre esses milhares de paralelos eu poderia ter caído,de surpresa,em um onde eu havia sumido de verdade.Quando eu entrei fui direto para o quarto,mas meus pais logo entraram e eu os ouvi até tarde dizendo que eles falavam a verdade e se eu não acreditava eles não tinham nada o que fazer para comprovar e foi então que eu me lembrei...
Quando tinha exatamente dez anos precisei de uma transfusão,minha tipagem era rara,por isso precisava daquele tipo específico ou morreria,minha mãe se ofereceu para me doar,eramos compatíveis e a tipagem dela também era dessa raridade e então eu descobri,que na verdade,foi tudo invenção da minha cabeça,ela era minha mãe,ele era meu pai e nada além disso deveria importar.
Foi assim que eu deixei pra lá,peguei todos aqueles cartazes e joguei na lareira,o passado era passado e nada disso mudou meu presente.

Texto fictício baseado no Elemento Surpresa do grupo +QP|Mais que Palavras.O tema foi Você acha vários cartazes de "pessoa desaparecida" debaixo da cama dos seus pais. Todos eles tem sua foto 

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Poxa, que história em Jenny. Pena que quando me empolguei de vez ela acabou, rs. Mas gostei bastante :)
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Andressa :) Foi de propósito,assim você mesma escolhe o final para a história rsrs
      Beijos ^.^

      Excluir
  2. Adorei o texto! Me envolveu completamente do começo ao fim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vi :D
      Que bom que gostou <3
      Beijos ^.^

      Excluir

Obrigada por ter lido a postagem
Conte-me o que achou *--*
Deixe seu link nos comentários para que eu possa retribuir a visita <3
Se preferir para deixar seu link use
Esse código para comentar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger
Edição e Design: Jennyfer Aguillar || Todos os direitos reservados © 2016