1 de outubro de 2018

Nós

Nenhum comentário: | |

Eu te vejo e me vejo, mas não vejo nós, repetidos passos em direção ao futuro onde eu me vejo e você se vê, e nós nunca mais nos vemos, isso não me assusta, nem mesmo me causa tremores, eu me vejo mais importante agora e não te vejo mais.

Momentos são bons quando vividos, mas são só momentos que ficam no passado, não é certo eu te cobrar e me cobrar por achar que não somos suficientes um para o outro, somos apenas diferentes que se cruzaram num tempo igual, e isso não precisa causar dor.

Na próxima primavera ou outono quem sabe, um de nós feche a porta para nunca mais voltar, ou escreva um bilhete de despedida, ou talvez leve embora todos os cds dos artistas que gostamos em comum, mas no fim, cada momento aconteceu e quando o tempo bater na porta pedindo passagem,pronto a nos atropelar, nós o convidaremos para um café e contaremos todas as loucuras que fizemos, você num lado do mundo, eu no outro, mas o tempo, esse danado tempo, vai estar no mesmo lugar.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger
Edição e Design: Jennyfer Aguillar || Todos os direitos reservados © 2014-2018