Relatos de um coração

| |
Ela sentiu a brisa no rosto e se deixou chorar,talvez para tentar tirar de si a dor que estava sufocando no peito.Mas essa pequena menina não entendia que somente a passagem do tempo poderia curá-la e remontar os fragmentos que se desprenderam do lugar.


Hoje,quando ela olha para o céu,sem esperança e sem vontade,deseja que por um milagre tudo que ela sente vire pó e que o vento sopre para longe suas angústias.E nesse imenso azul,tudo parece tão pequeno,qualquer problema insignificante,mas ela sente o peso que massacra,e por um instante se permite ter medo do futuro incerto.
O pior dessa dor,ela me diz,é que não é do tipo que o médico cura com um remédio qualquer,é uma chuva torrencial no psicológico que faz a cabeça doer,e uma sensação incansável de que algo está fora do lugar e corrói,dói mais do que se cortar ou cair,é uma dor que parece não ter nenhuma cura.
É como estar preso de ponta cabeças sentindo tudo se esvair,é como perder os sentidos involuntariamente por repetidas vezes e estar em negação consigo mesmo.
Há quem diga à ela que isso passará,mais cedo ou mais tarde,há quem nem saiba o que ela sente,porque não entende o que é se sentir assim,e,enquanto isso,ela se fecha cada dia mais,vai reduzindo os sorrisos e as vontades,vai deixando de se expressar,pelo simples motivo de não se sentir tão presente e necessária,mas mal sabe ela que aquele sorriso faz o dia de alguém melhor.
E ela me diz que espera ansiosamente pelo dia em que conseguirá se curar,quando o peito vai parar de doer e a sensação de plenitude voltará.E eu prometo a ela que durante todo esse tempo ruim ainda haverá um sol,sempre haverá uma luz,e se ela não acreditar eu provo,que não importa quantas vezes a tempestade se instale,no final o arco-íris vai chegar.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Que lindo o texto, você escreve muito bem e consegue fazer quem está lendo se sentir dentro da história. Já deu vontade de conversar com essa menina e dizer que pode chorar sim, ás vezes é a melhor coisa do mundo sentir que por um momento você pode ser fraca. Mas que depois é levantar a cabeça e seguir em frente <3
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Betânia,que bom que gostou :D
      Verdade,pensei a mesma coisa quando estava escrevendo <3
      Beijos ^.^

      Excluir
  2. Oi
    lindo o texto, da pra sentir uma explosão de sentimentos.
    você escreve muito bem.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Denise,que bom que gostou :D
      Beijos ^.^

      Excluir
  3. Me identifiquei bastante com o texto, principalmente com esse trecho:"ela se fecha cada dia mais,vai reduzindo os sorrisos e as vontades,vai deixando de se expressar,pelo simples motivo de não se sentir tão presente e necessária", porque tenho me sentido assim nos últimos dias e é algo realmente muito difícil de lidar.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh Lenise,sinto muito que esteja passando por essa fase,mas se quiser conversar,desabafar,estou aqui ok?!
      Obrigada pela visita :D
      Beijos ^.^

      Excluir

Obrigada por ter lido a postagem
Conte-me o que achou *--*
Deixe seu link nos comentários para que eu possa retribuir a visita <3
Se preferir para deixar seu link use
Esse código para comentar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger
Edição e Design: Jennyfer Aguillar || Todos os direitos reservados © 2016