19 de fevereiro de 2018

Resenha | A Grande Ilusão

| |

Título: A Grande Ilusão
Autor: Harlan Coben
Ano: 2017
Editora: Arqueiro
Páginas: 304

Dizem que não é possível enterrar o passado.Talvez seja verdade, mas o que isso significa de verdade é o seguinte: os traumas do passado reverberam e ecoam até o presente e assim permanecem vivos, o que não era lá muito diferente do que Maya estava pensando.

Sinopse:


Maya Stern é uma ex-piloto de operações especiais que voltou recentemente da guerra. Um dia, ela vê uma imagem impensável capturada pela câmera escondida em sua casa: a filha de 2 anos brincando com Joe, seu falecido marido, brutalmente assassinado duas semanas antes.

Tentando manter a sanidade, Maya começa a investigar, mas todas as descobertas só levantam mais dúvidas.

Conforme os dias passam, ela percebe que não sabe mais em quem confiar, até que se vê diante da mais importante pergunta: é possível acreditar em tudo o que vemos com os próprios olhos, mesmo quando é algo que desejamos desesperadamente?

Para encontrar a resposta, Maya precisará lidar com os segredos profundos e as mentiras de seu passado antes de encarar a inacreditável verdade sobre seu marido – e sobre si mesma.


"Confiava em quem afinal? 
Naquele momento seria arriscado confiar em quem quer que fosse, mas se havia alguém que ela acreditava estar falando a verdade, esse alguém era Shane"

Opiniões da blogueira:


Já li alguns livros do Harlan(confira aqui) e cada vez que eu leio me surpreendo ainda mais com a escrita dele ,esse livro não foi diferente, a nossa protagonista, Maya, é mãe de uma adorável criança e perdeu um marido e uma irmã no que a polícia classificou como "assaltos que deram errado" ,porém Maya sente e sabe que há mais nessa história do que se pode imaginar, por isso ela se lança numa cansativa busca pela verdade, onde irá descobrir que suas perdas representam muito mais do que as pessoas pensam.

Sócios na empresa da família de Joe, sua irmã e marido parecem ter chegado à grandes informações que podem ter culminado em suas mortes, por isso, Maya não descansa até chegar à verdade, além do fato de seus fantasmas do passado militar não abandonarem sua mente por um segundo sequer, nossa ex-piloto busca forças em seus aprendizados da época para seguir em frente e criar a filha da forma mais acertada possível.

Mas é como aquele jogo Vivo ou Morto, onde um marido que deveria estar morto aparece do nada no vídeo caseiro de Maya e todos ao redor parecem esconder mistérios grandes demais para continuem em segredo.

Recomendo que leiam porque a história envolve do começo ao fim, a trama, as descobertas e principalmente o final são de tirar o fôlego, sem contar a escrita que não rodeia e vai direto ao ponto, algo que me atrai muito nos livros de Coben é essa facilidade que ele tem ao apresentar a história e nos manter alertas ao longo da leitura como um todo,então leiam mesmo :)

"Fiquei me perguntando se não era a tristeza que havia matado ele, sabe?(...)
Segundo ele, tristeza não mata ninguém. Mas culpa, sim."

Onde achar?


- Editora Arqueiro--R$ 29,90
- Travessa--R$ 23,62
- Buscapé--R$ 25,90
- Livraria Cultura--R$29,90

"Ela não sabia de tudo, mas sabia o suficiente."

É isso,espero que tenham gostado da resenha e que leiam :D
Beijos ^.^

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ter lido a postagem
Conte-me o que achou *--*
Deixe seu link nos comentários para que eu possa retribuir a visita <3
Se preferir para deixar seu link use
Esse código para comentar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger
Edição e Design: Jennyfer Aguillar || Todos os direitos reservados © 2014-2018