27 de novembro de 2017

Roda gigante

| |

Tenho medo de altura, admito, mas eu fui numa roda gigante, na verdade nem era tão grande assim, e me senti livre, pensei em quantas rodas gigantes existem entre nós, uma hora no pico, outra hora no chão, às vezes empacados no meio quando há um problema, mas sempre seguindo um ciclo...
E muitas vezes nós temos medo da altura, porque na vida as rodas gigantes são bem maiores, os medos mais reais, as faltas de ar infinitamente mais doloridas, mas mesmo assim insistimos em continuar, para que consigamos alcançar nosso objetivo, para que mais um medo seja superado, seres humanos teimam em achar que precisam estar sempre felizes e confortáveis, mas a vida acontece quando, no desconforto,  encontramos a saída...

Eu já tentei entender várias vezes o que leva alguém a ir até o topo e não querer observar a vista, e cheguei a conclusão que talvez nem sempre a pessoa realmente queira estar ali, talvez ela se sinta obrigada a isso e não vê razão para que aproveite a estadia, ela só quer que o passeio acabe para voltar ao que era antes, e agora eu percebo que somos todos assim, às vezes fazemos algo porque precisamos e na ânsia de terminar logo deixamos desvios mal terminados que depois vão se prostrar bem na nossa frente e cobrar uma finalização digna, seres humanos teimam em achar que quanto mais rápido o trabalho for feito, mais rápido voltaremos ao que nos interessa, mas a vida te joga na cara as pressas fora de hora....

Admitamos, então, que somos como rodas gigantes, vamos, em segundos, de um bom momento a um péssimo momento, mas aí chegamos ao destino, novas pessoas entram, novas pessoas saem, mas nós continuamos o caminho, não inteiros, porque o tempo nos atropela, mas firmes como devemos ser, seres humanos teimam em achar motivos para continuar, e a vida faz questão de mostrar que, pelo menos nisso, eles estão certos.

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Jenny!
    Que maravilha de texto. Vou imprimir e colar no para-brisa do carro!
    Sabemos que é bem assim mesmo não é? Tu me ensinou isso, aliás nossa amizade vai além. É um aprendizado, uma auto-ajuda em dose dupla, essa troca de perspetiva nos comove, nos fortalece e nos une. E então descobro que estamos lado a lado na mesma cadeira. Vamos dar mais numa volta?

    Parabéns querida amiga.

    Abraços^.^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Welington rs
      Realmente,nossa amizade é uma auto ajuda que motiva e faz crescer.
      Mais uma volta por favor :)
      Obrigada mais uma vez <3
      Abraços ^.^

      Excluir

Obrigada por ter lido a postagem
Conte-me o que achou *--*
Deixe seu link nos comentários para que eu possa retribuir a visita <3
Se preferir para deixar seu link use
Esse código para comentar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger
Edição e Design: Jennyfer Aguillar || Todos os direitos reservados © 2016