7 de abril de 2017

Não quero mais

| |

Não quero mais escrever,não quero mais me perder e sangrar só para poder receber um elogio qualquer e depois ser esquecido.Eu sou um poeta do caos,e talvez esse seja todo o meu problema,toda a minha provação,não consigo parar de escrever e manchar meus dedos com a tinta que escorre da caneta que eu fiz estourar,não consigo.
E eu não quero mais me derramar tão facilmente,me esvair em construções vãs que vão se perder na imensidão,mas sou poeta e é só isso que eu sei fazer,esse é todo o meu ser e meu carma é ser para todo sempre este poeta.
Eu não quero mais a efemeridade de escrever e daqui alguns anos sentir que não sei quem sou,o poeta que fui semana passada ou um mero sonhador? Não quero mais saber rimar se essa rima só for trazer dor,mas sou um poeta e isso diz muito,toda a minha fala tentarão transformar em poesia porque isso é deles,e eu vou chorar e sonhar,porque isso é meu.
Eu não quero mais escrever para ela,que nem me lembro mais quem é,não quero transformar seu nome em poesia,nem deixar mais o perfume na folha em que escrevi,mas eu sou um poeta,e terei tantas "ela" ao longo desta breve vida que não conseguirei parar de lhes dedicar poemas e textos infinitos de amor ou decepção.
Não quero mais escrever,não quero,mas já estou fazendo,porque deixar de escrever é como morrer aos poucos,primeiro a falta de ar,depois a perda dos sentidos e como o poeta não consegue morrer sem deixar para trás todo o seu epílogo eu não posso deixar de escrever,pois ainda não o tenho terminado e talvez nunca terei.Sou poeta e isso é tudo.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Gostei muito. Não sou poeta, aliás, estou muito distante de ser. Cada um com seu dom neh? Mas escrever é uma coisa que amo. Ler também é libertador para mim. Será que inverti a ordem? Talvez!
    Seja sempre como és. Tudo perfeito caro poeta. Não pare jamais. Aos Muitos e aos poucos que tiveram ao privilégio de ler sua obra, saiba que seu objetivo foi alcançado. Tocou no coração e na mente de cada um.

    Abc

    Wellington Maia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei nem como responder a isso Wellington,é a primeira vez que um comentário me deixa sem palavras rsrs,mas agradeço muito e fico muito feliz ao saber que cumpri com a minha missão nesse texto,e com certeza vou ler seus textos para conhecer um pouco sobre a sua escrita :D
      Obrigada pela visita e o comentário,beijos ^.^

      Excluir
  2. A escrita é como uma terapia, as vezes não temos com quem conversar ou confiar e a escrita é uma forma de colocar as emoções para fora e alguém que ler pode se identificar e ver que ele não está sozinho. Escrever é muito importante na nossa vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Fabi,escrever é minha terapia <3
      E é,acredito eu,essencial na vida de todo mundo :D
      Beijos ^.^

      Excluir
  3. Garota, nunca pare de fazer isso, você é demais. Realmente, ser poeta é o que você é, dá para perceber isso em cada linha >3
    Lindo o poema.
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda Betânia,pode deixar que não vou parar rs
      Obrigada,de verdade,fico muito feliz ao ler isso <3
      Que bom que gostou :D
      Beijos ^.^

      Excluir

Obrigada por ter lido a postagem
Conte-me o que achou *--*
Deixe seu link nos comentários para que eu possa retribuir a visita <3
Se preferir para deixar seu link use
Esse código para comentar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger
Edição e Design: Jennyfer Aguillar || Todos os direitos reservados © 2016