10 de junho de 2016

A síndrome dos 20 e poucos

| |

Quando se está chegando aos 20 ou quando já se tem 20 ou mais,entramos numa crise existencial tão grande,principalmente quando vemos que nossos planos não estão dando certo,ou que algo que tínhamos certeza de que íamos fazer e acabamos não fazendo,implica uma série de questionamentos sobre si mesmo e sobre a vida que você vem levando.Será que a culpa é mesmo sua?Ou será que é uma junção de fatores que não dependem de você e atrapalham de alguma forma?
Lembra aquele emprego dos sonhos?A casa dos sonhos?!Se você ainda não conseguiu,isso gera a síndrome dos 20 e poucos,ainda mais quando vemos nossos conhecidos tendo êxito em algo e comemorando em todo canto enquanto nós ainda estamos lutando e correndo atrás sem ter certeza do resultado.
Mas...Não se desespere,não se apunhale,nem tudo é terrível porque você não realizou um sonho,a vida está toda aí,esperando para ser vivida.
Aos 20 e poucos,ou antes disso,seus medos invadem seus sonhos e você passa a noite em claro,isso porque parte de ti não sabe como lidar com a cobrança pessoal que você impõe,sem notar, na sua vida,e,então,tudo que você conhece vira de ponta cabeça porque você não sabe mais o que fazer,qual o próximo passo a seguir e o novo assusta,assim como pensar que talvez esse novo não seja exatamente o que está esperando.
E quando está tudo enrolado,parece que algo conspira para que as dúvidas multipliquem,é um parente que pergunta o que pensa em fazer da vida,um amigo que vem saber das novidades,uma voz dentro de ti se perguntando que raios está acontecendo nesse exato momento.Mas,toda história tem um mas,isso não significa,em hipótese nenhuma,que você é ruim,que não sabe fazer nada direito,apenas significa que o seu plano vai demorar um pouco mais para se concretizar,por isso,o melhor a fazer é continuar trabalhando e aguardar que os sonhos vão se tornando realidade aos poucos.
O importante é entender que a síndrome dos 20 e poucos não é permanente,mas também é preciso entender que somente você pode mudar o jeito como vê a vida,e você mesmo se sabota quando resolve ver tudo de forma negativa.
Então,cabeça erguida,fé e não desista de ser feliz.Como diz o grande poeta Albert Schweitzer "A tragédia do homem é o que morre dentro dele enquanto ele ainda está vivo", assim, preze por aquilo que tem em sua vida,e agradeça pelas pequenas coisas que você possui enquanto as maiores ainda estão em processo.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. A frase que citou é perfeita e acredito que se encaixa em todas as fases da vida né?
    Acho que já passei por essa crise algumas estações atrás, até que percebi que tem coisas que não adianta perder nosso tempo tentando muda-las ou ficar questionando muito, o importante mesmo é como viver.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Cami,essa frase do Albert serve para qualquer momento em que pensamos em desistir de algo ou quando precisamos de incentivo.
      Exatamente,passo por isso já há três anos(vestibular e tal) e hoje sou bem mais tranquila em relação a isso,mas antes sofria muito por ansiedade,descrença em mim mesma e isso sabota tanto a gente,como você disse,o importante é viver,agora,confiar em nós e esperar o tempo certo :)
      Beijos ^.^

      Excluir
  2. Oi moça! Visitando o blog pela primeira vez e: QUE LINDEZA <3 amei seu banner!
    Sobre esse post: Muitas verdades!
    O tempo todo passo pela "crise dos 20 e poucos", e é muito difícil carregar o tanto de pressão que a sociedade coloca na gente. Toda hora é uma coisa "Já entrou na faculdade?! "Já terminou a faculdade", "E os namoradinhos?" "quando casa?" hahaha
    Precisamos pensar mais no queremos e nos basear menos nos padrões.

    Adorei!
    Um beijo,
    Paloma
    www.surewehaveablog.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paloma,seja bem vinda :D
      Obrigada <3 que bom que gostou :D
      Sim,passo por isso muitas vezes por mês kkkkk
      Verdade,os padrões nos fazem desencontrar e nos confundem muito mais ;)
      Obrigada por visitar,volte sempre viu :D
      Beijos ^.^

      Excluir
  3. "e você mesmo se sabota quando resolve ver tudo de forma negativa" Uau, adorei!
    Daqui a alguns meses eu faço 20 anos e de vez em quando bate aquele desespero do tipo "ainda não fiz nada de útil na minha vida" mas é o que você falou, se tivermos paciência e continuarmos tentando a gente consegue!
    Ótimo texto!

    Epílogo em Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada,que bom que gostou Ruby :D
      Verdade,isso acontece muito rs,mas é sim,precisamos ir com calma e não desistir :)
      Obrigada <3
      Beijos ^.^

      Excluir

Obrigada por ter lido a postagem
Conte-me o que achou *--*
Deixe seu link nos comentários para que eu possa retribuir a visita <3
Se preferir para deixar seu link use
Esse código para comentar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger
Edição e Design: Jennyfer Aguillar || Todos os direitos reservados © 2016