Aleatoriamente

| |

Aleatoriamente a minha mente te escolheu, não era como se houvesse milhares de opções, mas ela poderia ter optado por não te dar essa chance, e te deu, e olha só onde estamos agora, olha só o que fizemos,quantos passos nós demos até perceber que não havia mais caminho.
E mesmo com os pés machucados e sangrando nós continuamos dando corda,a mesma que nos enrolou e sufocou as esperanças que um dia eu cultivei.

Aleatoriamente aquela música se encaixou em nós,naquela fatídica tarde em que eu deixei me aproximar de ti com as vãs esperanças de que o amanhã viesse a transformar toda a minha vida,sem saber que a maior mudança vem de mim,não de fora,então mesmo tendo esbarrado em você tudo continuou igual,e o vazio,que já era cativo,não quis mais se dispersar.

Não era para ser um relato triste,mas aleatoriamente ele se tornou assim,uma breve narrativa igualmente triste que eu vivi,para ilustrar o fato de que nem sempre você se surpreende com o que vem,mas pode se surpreender com o que já ficou por aqui.
Não se ache especialmente importante por fazer parte dessa história,porque ela não é nem de longe a maravilha que poderia parecer,aleatoriamente aconteceu você,uma curva bem torta que eu tive que percorrer,mas agora cheguei ao final e não sobrou mais nada.

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Olá Jennyfer,
    Aleatoriamente eu escolhi depois de algum tempo parado escolher seu blog na minha lista de leitura. São tantas coisas passando agora na mente, esse meu afastamento, essa identificação com algo que escreveste. Aleatoriamente seria o destino me mostrando algo. Talvez me mostrando que a superação esta dentro de mim. E que tenho que me empenhar, me espelhar em algo ou alguém. Seu texto é lindo apesar de triste. Espero que estejas bem, são coisas da vida. Aleatoriamente são coisas que acontecem todos os dias como milhares de pessoas. Não sabemos onde a roleta para néh? Deixo aqui meu abraço e um desejo positivo de tudo de maravilhoso em sua vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Wellington,estou muito bem sim,obrigada 😊
      Fico encantada por saber que o Little Wonders se encaixou na sua lista e te agradou tanto.
      Desejo tudo em dobro e estou com muita vontade de vê-lo produzir textos novamente.
      Abraços ^.^

      Excluir
  2. Olá, tudo bem? Ai, gente, que texto mais lindo! Amei, amei, amei! <3

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Larissa,estou bem e vc?
      Que bom que gostou do texto,obrigada ❤
      Beijos ^.^

      Excluir
  3. Oi Jenny! AA que saudade que eu tava de vir aqui! <3 Como sempre, você continua escrevendo maravilhosamente bem!Acho que a maioria das coisas acontecem aleatoriamente, né? E ás vezes dá mais certo, às vezes não. Mas enfim, vida, né? rs Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh Vi,que saudade de você ❤
      Obrigada e que bom que gostou 😊
      Pois é,tudo acontece de forma,seja bom ou ruim,faz parte rs
      Beijos ^.^

      Excluir
  4. Parabéns, Jennyfer! Você escreve muito bem <3. O texto, de um modo geral, é bem triste e pesado. Carregado de ressentimento, talvez. Mas a vida é assim, tudo chega ao fim, até as coisas ruins :)
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Kari <3
      Que bom que gostou,realmente o texto é bem triste,mas faz parte da vida rs :)
      Beijos ^.^

      Excluir

Obrigada por ter lido a postagem
Conte-me o que achou *--*
Deixe seu link nos comentários para que eu possa retribuir a visita <3
Se preferir para deixar seu link use
Esse código para comentar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger
Edição e Design: Jennyfer Aguillar || Todos os direitos reservados © 2016